A história de vida do meu cabelo (parte 3)

videotogif_2017.07.30_14.37.18

Oi, meus amores! Tudo bem com vocês?

Hoje teremos a parte 3 da história de vida do meu cabelo, onde vou contar como começou essa nova fase da minha vida que eu estou amando. Conto com vocês para acompanhar lendo todas as partes para vocês entenderem como tudo começou.

Então, vamos lá!

Se você ainda não leu a parte 1, clique aqui ❤

Que bom que estão aqui de volta para ver o final dessa história, ou seria o começo da minha trânsição capilar? Hahaha

Então amores, como eu havia falado nas histórias anteriores eu me sentia linda com meus cabelos alisados, o problema era que durava pouco essa alegria, com dois meses a raiz já estava enorme e gritando, era uma dificuldade para tentar esconder.
Moro no Nordeste, e no verão ir a praia era um terror, só pensar em molhar meu cabelo, era uma preocupação. No dia a dia, o calor destruía minha chapinha deixando meus cabelos enrolados na raiz, na chuva só a umidade deixava meus cabelos estranhos.
Não era dificuldade para alisar, fazer progressiva, escovar, e pranchar meus cabelos, já era rotina, era trabalhoso mas no final valia apena! Eu amava cuidar dos meus cabelos, eu sempre fazia hidratações caseiras, seguia o cronograma capilar e sempre estava em busca dos melhores produtos para os meus cabelos.
Aos poucos fui percebendo o malefícios dessas químicas nos meus cabelos, duas químicas fortes de transformação e ainda por cima chapinha x secador. Mesmo com todos os cuidados que eu tinha era um cabelo sensibilizado pelas químicas, e fontes de calor, foi aí que comecei a me preocupar com a saúde dos meus fios, que já não eram os mesmos: ralos, pontas quebradiças e fracas, enfim, era um cabelo extremamente fragilizado e por mais que cuidasse bem dele, chegaria a data de alisar e voltar os danos novamente.
Voltar ao cabelo crespo e natural, nem me passava isso pela cabeça! Tentei largar apenas a chapinha, e ficar dando só escovas, mas fazer uma boa escova eu não sabia, então falhei nessa missão rsrs. Tentei largar o alisante e ficar só com a progressiva, essa sim eu consegui!
Quando me dei conta já estava sem alisante e sem fazer progressiva há 6 meses, estava apenas com chapinha e secador, meu cabelo já havia melhorado e muito sem esses produtos alisadores, mas ainda não conseguia largar a chapinha e o secador.
Foi aí que me perguntei o porquê de ter que danificar tanto a estrutura do meu cabelo para ser quem não sou? Porque querer tanto ter um cabelo liso, mesmo comprometendo tanto a saúde dos meus fios? Porque eu não achava meus cachos bonitos?
Foi aí amores que me passou toda uma história na minha cabeça, história essa que já compartilhei com vocês aqui no meu blog, vi que era quase uma imposição da sociedade para que eu tivesse cabelos lisos, que eu seguia um “padrão de beleza” e eu já estava pronta a quebrar esses padrões, a me aceitar como Deus me fez, e foi aí que entrei na transição capilar ❤

Meninas, está aí uma parte da história de vida do meu cabelo, em breve trarei relatos da minha transição capilar e dicas para vocês que estão nessa fase, bjs ❤

Anúncios

Big Chop – Video novo no Canal

Olá, meu amores!

Gatonas dos cachos!!! ❤

Vocês estão na transição capilar ou já fizeram o big chop?

Se já fizeram o big chop, enviem para as migas que ainda não fizeram, para inspirar elas, se ainda não fez, você precisa assistir esse video do big chop da Julianny, que foi feito no Salão Étnico Aláfia.

Se joga lá no meu canal para te inspirar! ❤

Corre lá agora e assiste, Beijos!!!

Link do video: https://youtu.be/PWpV8ZaWHY4

A história de vida do meu cabelo (parte 2)

videotogif_2017.07.30_14.37.18Oi, amores! ❤

Voltei com a segunda parte da história do meu cabelo, se ainda não leu a parte 1 é só clicar AQUI.

Então como tinha falado no capítulo anterior, continuei alisando meus cabelos, usei vários tipos de alisantes: Issy, Hairfly, Sfera, dentre outros que agora não me lembro.
Na adolescência comecei a ficar mais neurótica com meus cabelos, mas sem grana para ir ao salão, e sem querer incomodar minha tia cabeleireira, comecei a usar sempre meus cabelos presos, rabo de cavalo, com bastante creme, para deixar bem “lambido”, ah e pra garantir, usava umas presilhas tic tac, para segurar alguns fios, caso viesse arrepiar.
Esse não era um bom penteado não é mesmo? Foi aí que tive a brilhante ideia de comprar o alisante e usar em casa, como toda química requer um certo cuidado e eu totalmente inexperiente não tinha, quebrei muito a cabeça e várias vezes quebrei meus cabelos também, e advinha? Tinha que recorrer às presilhas de tic tac para “segurar” os fios quebrados.

Depois de algum tempo só os alisantes não me satisfazia, eu já tinha um secador, uma chapinha, já fazia o cronograma capilar, daí surgiram as escovas progressivas, fiz uma pesquisa em alguns salões e os preços era nas alturas, então como já alisava meus cabelos em casa, comprei uma progressiva para eu mesma aplicar em casa.
Achava que tinha encontrado a solução dos meus problemas, afinal de contas meu cabelo crespo era um problema a ser resolvido! Achava que com a progressiva nunca mais necessitaria usar a chapinha e o secador, tudo engano!
A progressiva me dava um efeito de cabelo mais “saudável”, de cabelo macio, mais ainda assim precisava da chapinha e secador para ter um liso como eu gostava, ainda não conseguia lavar meus cabelos e deixar secar naturalmente, como eu sempre sonhei.

Foram anos usando a escova progressiva, mas mesmo assim tinha que relaxar a raiz do meu cabelo, então eram duas químicas fortes de transformação, cada vez mais meu cabelo estava liso no comprimento, mas a raiz sempre nascia crespa, então virava um ciclo vicioso.

Amores, só teremos mais um capítulo, espero que vocês não estejam cansadas de mim, conto com a presença de vocês aqui mais uma vez, bjs!

A história de vida do meu cabelo (parte 1)

 

videotogif_2017.07.30_14.37.18.gif

Oi, meus amores!

Tudo bem com vocês?

Hoje, quero compartilhar com vocês a “história de vida do meu cabelo”, como tudo começou desde o início até agora ❤

Precisei dividir em algumas partes para vocês não cansarem (hahaha), é que escrevi bastante para vocês ficarem por dentro de todos os detalhes. Então, vamos lá!
Quando eu tinha 1 ou 2 aninhos meus cachinhos já estavam lá, eu vi isso olhando umas fotos antigas, como eu era linda! Mais aí eu cresci né? (Risos) mas vamos lá ao que interessa, meu cabelo!
Entre os 6 e 7 anos de idade, meus cabelos eram ditos como “rebeldes”, sempre volumosos, ninguém sabia lidar com eles, minha mãe tinha um cabelo totalmente diferente do meu, e isso atrapalhava ainda mais.
Nas brincadeiras de criança, adoravam falar do meu cabelo, entre risadas e choro, começava a ver meu cabelo como uma cruz que tinha que carregar.
Para “ajudar” minha tia era cabeleireira e sempre a via alisando e escovando os cabelos tipo 4c de minha prima, pedia insistentemente para ela alisar meus cabelos, ela se recusava, pois dizia que meus cachos eram lindos, na tentativa de me fazer desistir de querer alisar ela fazia penteados, tranças e até escovas esporadicamente.
Adorava fazer escovas no meu cabelo, mas ficavam super volumosos, estilo Gal Costa, sabe? Nessa época não existia a “maledita” chapinha rsrsrs, foi aí que decidimos relaxar apenas a raiz do meu cabelo (já tinha uns 9 anos, não lembro exatamente), assim quando fizesse escova ficaria lisinho como eu queria, e quando molhasse os cachos permaneceriam lá.
Amei os alisantes e continuei relaxando a raiz por muito tempo… Vou contar tudo para vocês, inclusive minha decisão de passar pela transição, big chop e como foi todo esse processo para chegar até aqui. Continuarei toda minha história de vida do meu cabelo no próximo post e conto com a presença de vocês para acompanhar ❤

Se ainda não leu a parte 2, clique aqui ❤

Bjs até o próximo post!

Vídeo novo no canal!

Oi, povo do cabelo bonito!

É super importante você secar seus cachos usando o difusor no secador, ele distribui o ar e evita que o jato de vento desmanche os cachos.
Mas, se ainda não tem o difusor como eu, você vai adorar essa dica que foi uma sugestão da minha  amiga Verônica. Eu amei!!!

Confiram!

Design sem nome

Beijoooosss  😘😘😘

 

Hidratação natural com água de coco

O coco está bombando nas hidratações, cremes para pentear, shampoos, condicionadores, óleos e etc.
Que ele é poderoso, isso a gente já sabe, não é atoa que ele tem se tornado o queridão das cacheadas.
A água, nem se fala! Super rica em minerais, e é uma forte aliada na hidratação do nosso corpo, e agora dos nossos cabelos e cachos poderosos​! O coco é uma fruta que contém vitaminas e sais minerais, além do óleo natural, rico em ácidos graxos, que dão brilho as madeixas, reduzem o volume, e trazem mais flexibilidade e maciez aos fios.
Então, vamos conhecer um pouco mais da composição da sua água e vamos para a super dica de hidratação.

🌼 Componentes da água do coco:

A água de coco é rica em vitaminas, minerais, aminoácidos, carboidratos, antioxidantes, enzimas e outros fitonutrientes.

🌼 Hidratação:

✓Temos 3 dicas de hidratação​ super fáceis:
1. Após lavar o cabelo com shampoo, enxugue um pouco e aplica a água do coco verde com ajuda de um borrifador. Deixe agir por 15 minutos e se desejar enxague, se não, você pode deixar no cabelo. Para finalizar use condicionador ou leave-in.

2. Retire a água do coco verde e colocar em uma garrafa pet. Depois deixar no refrigerador por 3 ou 4 dias, a água de coco vai virar um gel. Depois é só usar como máscara de hidratação mesmo, deixando 30 minutos nos fios (depois de lavar apenas com shampoo). Depois enxague e finalize com um condicionador.

3. Bata no liquidificador a polpa do fruto verde com a água do coco, deixar na geladeira e usar como máscara, sempre depois de lavar os cabelos apenas com shampoo, deixe agir por 30 minutos essa máscara nos fios e finalize com um condicionador.
Essa mistura pode ficar até 15 dias na geladeira, e as hidratações podem ser feitas até 2 ou 3 vezes na semana.

É recomendado usar a água do fruto, pois as de caixinha geralmente tem conservantes.

Agora, “mão na massa!”
A hidratação com água de coco vai deixar seus cabelos fortes, brilhosos, leves e macios 😘

Cronograma Capilar: O que é? Porque preciso fazer?

Olá, meninas do cabelo bonito!

Para ter cachos bonitos e saudáveis é necessário cuidados especiais, por isso estou compartilhando com vocês esse vídeo sobre cronograma capilar. Você precisa ter um cronograma para cuidar bem dos seus cachos agora mesmo! Arrase!!! Tenha cachos lindos, hidratados e definidos. Saiba como fazer com apenas um clique!

Design sem nome

Beijos, lindas!

12 coisas que você precisa saber antes de começar a transição capilar!

Você já ouviu falar de “transição capilar”? Não? Então, vamos te explicar: a transição capilar nada mais é do que o período entre o abandono das químicas do seu cabelo, seja progressiva, relaxamento, permanentes, coloração, definitivas, até os fios voltarem a serem naturais.

“Keep calm and solte os seus cachos” ❤

Ou seja, se você já cansou de ficar com o mesmo alisado de sempre, se o seu cabelo está muito danificado, se você quer voltar ao seu cabelo natural, então, está na hora de passar por essa fase e largar as químicas, girl!

Além de ser uma mudança de visual, a transição capilar também é considerada por muitas como um ato político, já que, devido a uma ditadura do cabelo liso, várias mulheres negras se veem obrigadas, consciente ou inconscientemente, a fazer algo para se encaixar nesse padrão. Então, aceitar o seu ondulado/cacheado/crespo é mais do que apenas voltar aos fios naturais, também é uma forma de aceitar a sua cor, de mostrar que seu cabelo é lindo, que o seu cabelo é “bom”, que você tem poder e que o racismo não está com nada!

Por isso, no dia da Consciência Negra, a tt fez uma lista com 12 coisas que você pre-ci-sa saber antes passar pela transição capilar:

1. Você vai precisar de muita paciência

Cá entre nós: transição capilar não é uma coisa fácil e rápida. Para quem não recorre ao Big Chop, o conhecido “grande corte” que tira toda a parte lisa do cabelo, essa fase pode chegar a durar anos! Além disso, todo o cuidado é necessário, afinal, seu cabelo precisa de tratamento, amor e muito carinho durante esse momento.

2. Você vai querer desistir

Para tudo na vida há os seus dias bons e seus dias ruins, durante a transição capilar isso não é diferente. Para quem opta passar por essa fase, precisa estar pronta para continuar na luta de ter o cabelo natural de volta! Muitas pessoas não vão entender a sua decisão e serão negativas com você, estarão prontas para te deixar mal e tentar mudar a sua mente. Por isso, seja forte, girl! Você pode e você consegue.

3. Seu cabelo terá duas texturas ou mais

Como já foi dito anteriormente, o seu cabelo não mudará de uma hora para outra, ou seja, você terá que deixá-lo crescer naturalmente. Sendo assim, a textura natural e a textura lisa do seu cabelo ficarão misturadas. Isso significa que o seu cabelo não terá uma forma. “Como assim, tt?”: Pode acontecer dos seus fios ficarem lisos em cima e cacheados/ondulados/crespos/frizzados embaixo, ou cacheado/ondulado/crespo/frizzado em cima e liso embaixo (o que é mais comum), ou também pode ficar todo misturado e você pre-ci-sa estar ciente e pronta para isso!

4. Sua autoestima ficará abalada 

Consequentemente, sem a falta de definição, a sua autoestima pode ficar bem abalada. Além disso, como já falamos, comentários maldosos também contribuirão para você ficar na #bad. Imagine nos dias de TPM? #sos

5. Você vai querer cortar seu cabelo todo mês

Escolhendo fazer o BC ou não, uma coisa que a gente pode te garantir é que a vontade de cortar cabelo ficará te perturbando todos os meses da transição. Afinal, com um pequeno corte já dá para sentir a diferença no fio, imagine cortando todos os meses? #CORTAPRAMIM

6. Você vai precisar cuidar muito bem do seu cabelo $$

Pois é, mais do que nunca o seu cabelo precisará de mais amor, carinho e muuuuuuuuuitos cuidados. Afinal, nessa fase, os fios ficam mais delicados ainda, já que ele estará sofrendo todas as consequências dos anos de química. Então, prepare o bolso para comprar cremes e mais produtos de tratamento.

7. O seu cabelo vai mudar

O seu cabelo vai crescer, mas esses fios não serão fielmente o resultado final. “- Não entendi, tt!” Explicamos: é que quando você deixa o cabelo crescer e se livra do alisamento, os primeiros fios a aparecer, normalmente, são ressecados, porosos e fracos, e tudo isso acontece por causa das químicas passadas. Ou seja, essa primeira impressão que você terá do seu cabelo pode não ser o seu cabelo natural de verdade, mas, sim, uma versão danificada dele.

8. Você vai amar youtubers, cantoras, atrizes, blogueiras onduladas/cacheadas/crespas

Uma dica muito boa para ter força durante a transição é procurar inspirações! Infelizmente, a maioria das pessoas famosas mantêm os fios lisos para serem aceitas no seu meio, e, por isso, faltam modelos de inspiração para onduladas/cacheadas/crespas! Então, aposte em procurar vídeos de inspiração, blogueiras que passaram por essa fase, atrizes que amam seus cachos ou cantoras que arrasam no black. Procure alguém em se espelhar e as coisas ficarão mais fáceis!

9. Haverá dias ruins, mas os bons serão maravilhosos

Imagine estas situações:

– Poder lavar o cabelo quando você quiser;
– Tomar chuva;
– Nadar na piscina sem se preocupar em molhar os cabelos;
– Ir ao mar e arrasar;
– Não gastar horas na chapinha e com escovas nos dias de calor;
– Poder correr, suar e aproveitar a vida sem se preocupar em não estragar a chapinha…

Pois é, apesar de serem momentos que parecem simples, eles farão toda a diferença na sua vida. Poder ser livre e fazer o que quiser sem se preocupar com os seus fios não tem preço! Dias de baixa autoestima sempre existirão, mas os outros milhares de dias felizes e livres serão os melhores da sua vida.

10. Você vai se conhecer como nunca

Muitas garotas fazem o alisamento dos cabelos desde novinhas e não sabem como é o seu cabelo natural. Passar pela transição capilar será um momento de autoconhecimento. Você verá seus cabelos crescerem praticamente do zero, aprenderá o que ele gosta ou não, vai ver como ele é lindo, que o que diziam dele era tudo balela e o melhor: você vai aprender a se amar mais ainda!

11. Será uma experiência única

Girl, nós podemos apostar: você não será a mesma de antes da transição. Além de ter consciência de que você conseguiu passar por essa difícil experiência, você vai descobrir coisas únicas, vai encontrar no seu cabelo a sua identidade e isso não tem preço!

12. No final, tudo valerá a pena!

Se tem uma coisa que podemos falar de transição capilar é que VALE MUITO A PENA! Passar pelas duas texturas, pelos dias de baixa autoestima, pelos comentários maldosos, pelos dias de indecisão, porque o seu cabelo vale a pena, você vale a pena, girl!

“Nós amamos os nossos cachos. Nós amamos o nosso cabelo!”

 

 

Fonte: Toda Teen

10 Frases de Motivação Para Passar Pela Transição.

Tô em Transição!

Olá gente!

A transição é um processo muito difícil onde haverá criticas de todas as partes. Pessoas apontando o dedo para você falando que está ridícula.  Vão ter dias em que você vai estar estressada com o seu cabelo porque não está do jeito que você quer, que está demorando pra crescer. Você vai ter vontade de jogar tudo pro ar e desistir de todo o seu progresso. Vão ter vezes que você vai se achar horrível e vai só ter vontade de chorar pensando se você fez a escolha correta para sua vida. E vou te dizer que , sim, foi uma escolha muito mais que correta. Você vai estar voltando a sua origem e não há nada melhor que isso.

Aqui vão as 10 frases que eu procuro repetir para mim quando estou nesses dias, e funcionam muito bem:

Ver o post original 152 mais palavras

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑